DJ MEME LANÇA CLIPE “ESTRELAR”

Últimas

DJ MEME LANÇA CLIPE “ESTRELAR”


Dessa vez Meme foi longe, mas nunca é demais voltar para os beats e grooves retrôs, como nessa releitura de Marcos Valle

DJ Meme, um dos pioneiros da música eletrônica no Brasil, desta vez despluga as máquinas, deixa a tecnologia de lado, convoca 37 músicos de várias gerações e faz o caminho inverso, lançando hoje o clipe em animação de “Estrelar”, a primeira faixa do seu álbum orgânico-acústico “Som Bacana”. O curta é uma viagem que começa no melhor do Rio sem ter lugar para acabar.

Assista aqui!

Dessa vez Meme foi longe, mas nunca é demais voltar para os beats e grooves retrôs, como nessa releitura de Marcos Valle. Não importa onde o ouvinte esteja, ele será embalado pelo ritmo contagiante e transportado imediatamente para o verão das praias cariocas, lugar de muita energia e malhação.

And that’s not all, folks. “Estrelar” é a primeira faixa deste novo disco de inéditas (com 2 releituras) marinado na sonoridade dos anos 60 e 70 em que Meme mostra que tem muito mais que som de pista – afinal, é o maior DJ de House music do Brasil, e também já produziu Lulu Santos, Shakira, Claudinho & Buchecha e Roberto Carlos – é o puro suco “Som Bacana” de ver, ouvir e até dançar.

Sobre DJ Meme:

Conhecido hoje como o maior DJ de House music no Brasil, o carioca começou aos 11 anos de idade produzindo suas próprias festinhas e observando os DJs profissionais, até que passou para o outro lado. Hoje, Meme é considerado o mais bem-sucedido DJ/produtor e remixer do país com mais de 1.500 remixes de diversos artistas, 12 medleys, 25 produções de single, 23 produções de álbuns, 19 produções de single como musico/arranjador. Além de 23 discos de ouro, 15 discos de platina, 3 discos de diamante, 8 indicações para melhor DJ de house no Brasil, melhor produtor de dance music, entre outros prêmios pendurados na parede. Já no início de 2013, Meme conquistou o prêmio PERSONALIDADE DO ANO, na votação do RIO MUSIC CONFERENCE, o mais importante encontro de música eletrônica do Brasil.


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem