RED HOT PARA AS PISTAS DE TECH HOUSE: WELKER REMIXA “CAN’T STOP” EM COLLAB COM GLAZBA

Últimas

RED HOT PARA AS PISTAS DE TECH HOUSE: WELKER REMIXA “CAN’T STOP” EM COLLAB COM GLAZBA


Gaúcho baseado em Los Angeles conta como foi a produção em homenagem a uma de suas bandas favoritas

É difícil encontrar alguém que não curta pelo menos uma música do Red Hot Chili Peppers. Assim, resgatar um dos grandes hits da banda californiana em uma nova versão, voltada às pistas de dança, é uma receita de sucesso. Foi o que fez o jovem DJ e produtor Welker em “Can’t Stop”.

Junto com o colega Glazba, o gaúcho natural de Não-Me-Toque produziu a música a partir de um cover feito pelo brasileiro Matheus Aquires para o hit homônimo, original de 2002. Através das mãos dos dois produtores, “Can’t Stop” virou uma pedrada certeira para os fãs de tech house.

<iframe src=”https://open.spotify.com/embed/track/1vcb1bfqktnKLCgax8g01m” width=”300″ height=”380″ frameborder=”0″ allowtransparency=”true” allow=”encrypted-media”></iframe>

“Red Hot Chili Peppers é uma das minhas bandas favoritas, desde a infância. Por isso, resolvi fazer um remix de ‘Can’t Stop’. Foi quando achei um cover da qualidade que eu queria, que por incrível que pareça, é brasileiro também. Trocamos algumas ideias e o Matheus regravou os vocais pra mim. Comecei o projeto e mandei para o Glazba, para trabalharmos juntos. Queria misturar um pouco de nostalgia com algo bem grooveado, e gostei muito do resultado final”, conta Eduardo Welker.

“Eu e o Glazba focamos muito em dar ênfase no vocal e na guitarra, e junto a isso, trazer muito groove para o som. Pra não ficar tão repetitivo e simples, trouxe alguns synths e elementos do tech house, também pensando na pista, fazendo um dos drops sem vocal e com os synths conversando entre si”, complementa o artista, que atualmente mora e vem construindo sua carreira na terra dos Chili Peppers: Los Angeles, Califórnia.

Welker já tem o próximo lançamento agendado para abril: trata-se de “Rocking”, uma collab com o prestigiado duo paranaense INNDRIVE, que será lançada oficialmente pela Hysteria, sublabel da gigante holandesa Spinnin’ Records. A música já conta com o suporte de ninguém menos que Timmy Trumpet.


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem