Jay Mariani estreia no Carnavibe com warm up recheado de produções autorais

Últimas

Jay Mariani estreia no Carnavibe com warm up recheado de produções autorais


Há alguns anos Jay Mariani estava em uma posição diferente da que vai rolar neste sábado, dia 19 de fevereiro, em um dos principais pré-carnavais eletrônicos do país, o Carnavibe.

As suas lentes registravam cada movimento dos artistas que ele acompanhava Brasil afora e transmitiam para o público através dos melhores momentos captados a sensação de cada set. Agora, é ele quem vai fazer a trilha sonora da pista, assinando o warp up do rolê que acontece em Curitiba e conta com nomes como Ilusionize, Gabe, D-Nox, Almanac, BLANCAh, Eli Iwasa, Renato Ratier, entre outros. Que responsa, hein?




“Há cerca de duas semanas equipe do Carnavibe anunciou que a festa começaria duas horas mais cedo e abriu um slot de duas horas para as três pistas e pediu indicações no próprio post. Uma galera comentou meu nome lá, meus amigos, minha família, gente que eu nunca tinha visto na vida, pessoas que estudaram comigo. Só de ver toda essa galera comentando meu nome lá já tinha sido demais, estava contente, mas eu sabia que era uma disputa acirrada. O post teve mais de 10 mil comentários e ver meu nome na publicação com o timetable foi emocionante, ainda mais com esse line de peso”, explica.

De dois anos para cá, quando decidiu se dedicar integralmente à produção musical, Jay Mariani viu não só o seu foco mudar, mas começou a ser reconhecido por suas tracks que caíram no gosto da galera. Prova disso são seus releases lançados no último ano. “Life Routine”, em collab com Jho Roscioli, pela CUFF, gravadora do Amine Edge & Dance; e o EP “Spend Some” com participação de Viot, que alcançou a 44ª posição no chart Tech House Hype do Beatport.

“Eu sonhava com isso! O EP da Roush foi meu primeiro lançamento internacional, ter chegado no top 100 foi algo que eu realmente não imaginava. E quanto a CUFF, tem um valor muito especial pra mim. Trabalhei de 2017 a 2020 com o Amine Edge & Dance como tour manager e antes disso eu já era fã incondicional”, comemora.


whatsapp_image_20220218_at_14.24.45_500.
Foto: Phelipe Magalhães

Nomes como os gringos Cloonee, Hannah e Wants, e os brasileiros Classmatic e Mochakk já deram suporte para o produtor que, desde que virou a chave e assumiu o seu feeling de pista e ouvidos apurados, tocará em uma das suas primeiras apresentações em Curitiba como Jay Mariani. E é claro que aquele friozinho na barriga não poderia faltar.

“Devido a pandemia e problemas financeiros, tive que voltar para Curitiba em 2020. Residi em São Paulo de 2017 a 2020 e no ano que decidi parar de filmar eventos e começar com meu projeto, foi o ano que tivemos a pandemia”, conta.

Jay Mariani já havia tocado em Curitiba com seu antigo projeto House of Pizza, mas com seu projeto solo só tocou em um restaurante/balada em formato bar com capacidade super reduzida. “Eu estou considerando que é meu primeiro evento oficial na cidade e o frio na barriga é nível 1 milhão, ainda mais dividindo line com grandes nomes da cena eletrônica no maior carnaval eletrônico do país”, finaliza.


whatsapp_image_20220218_at_14.24.44_500.
Foto: Phelipe Magalhães

E essa não é a única novidade. Para 2022 a previsão é de muitos showcases com a gravadora DoggHauz pelo Brasil, além de um clipe com Mochakk que deverá sair ainda neste primeiro semestre.

Mas para quê esperar, não é mesmo? Fica o convite: “Para esse Carnavibe vocês podem esperar minhas músicas autorais, muitos clássicos e muita coisa da ‘mulecada’ nova que está vindo”. Bora, então!


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem