VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE OUVIR: ASCENT & ARGUS

Últimas

VOCÊ NÃO PODE DEIXAR DE OUVIR: ASCENT & ARGUS


Opaaa! Sinal de vida no Purple Trance! Coisa boa! Aos poucos estamos voltando!

Enquanto nossos queridos Jefferson e Daianny colocam a vida no lugar depois daquela viagem cheia de experiências e histórias para contar, vamos falando de música boa e psicodelia que é para isso que estamos aqui!

Não é novidade que a cultura indiana e a psicodélica praticamente viraram sinônimo ao longo dos séculos. Não poderia ser diferente. Sendo uma fonte inesgotável de elementos, experiências e estímulos, a Índia é um prato cheio para quem quer viajar através dos sentidos.

Na música eletrônica psicodélica o que mais se vê são as referências à cultura indiana. E os caras que apresentamos no review de hoje se apropriam com força dessas referências tentando convertê-las em faixas hipnóticas, místicas – como devem ser dentro deste nosso universo – mas numa tessitura que muitas vezes remete a uma banda de rock psicodélico ou àquelas faixas dos anos 90, com batidas que se consagraram em projetos New Age como Enigma e Deep Forest.

O resultado é bom e o encontro dos dois produtores, que também conduzem suas carreiras solo rendeu em três álbuns lançados pela Ovnimoon Records: Beyond Sight, The Perfect Element e Four Oak Trees.

Ascent tem um nome forte no psy-trance mundial. Sérvio, começou sua carreira na música eletrônica aos 20 anos. Antes já tinha tocado em bandas de rock e blues. Argus é seu irmão mais velho e tem uma carreira sólida como instrumentista, tocando teclado e guitarra. Juntos eles decidiram se aventurar nas imediações do downtempo levando consigo a influência musical que haviam acumulado em suas trajetórias.

Para começar a conhecer o trabalho da dupla, vamos extrair uma faixa relevante de cada álbum. Um bom começo é “Over mountain”. Hipnotizante, profunda, resume e representa o estilo que marca as produções dos caras. Uma das mais lindas de Four Oak Trees!

Ascent & Argus – Over mountain

Escute também a mística, harmônica e atmosférica “Water, the perfect element”, do álbum “The Perfect Element”. Nesta, a influência new age é evidente e vai agradar aos fãs de um som mais espiritualista.

Ascent & Argus – Water, the perfect element

Em “Beyond Sight”, a faixa homônima é um destaque. Não sei se é essa batida marcada pelo bass que deixa a música um tanto cronologicamente indecifrável. Bate uma certa nostalgia, uma mistura de passado, presente e futuro que é muito comum nas músicas de Ascent & Argus. É uma das poucas produções dos DJs que foge da influência indiana.

Ascent & Argus – Beyond Sight

E uma última música que vale a pena ser apreciada é “Elenya”, produzida com Norma Project. Muito bela, com uma ambiência perfeita, mágica, repetitiva, delicada e hipnotizante. Um dos trabalhos mais notáveis dos irmãos.

Ascent & Norma Project – Elenya

Para quem quiser conhecer um pouco mais de Ascent & Argus, navegue pelos links abaixo e desfrute do excelente trabalho desses dois produtores que têm marcado presença nos melhores DJ Sets de psychedelic chillout e downtempo. Espero que tenham gostado! Good trip 😉

Ascent – Nature Creations: https://ovnimoonrecords.bandcamp.com/album/nature-creations

Ascent & Argus – Four Oak Trees: https://ovnimoonrecords.bandcamp.com/album/four-oak-trees

Ascent – Colored Reality: https://ovnimoonrecords.bandcamp.com/album/colored-reality

Ascent & Argus – Beyond Sight: https://ovnimoonrecords.bandcamp.com/album/beyond-sight

Ascent & Argus Soundcloud: https://soundcloud.com/ascent-argus

Ascent Facebook: https://www.facebook.com/ascentpsytrance/


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem