Vendas de álbuns de vinil nos EUA quebram recorde, impulsionadas pelas compras de fim de ano

Últimas

Vendas de álbuns de vinil nos EUA quebram recorde, impulsionadas pelas compras de fim de ano


Na semana que terminou em 23 de dezembro, 2.11 milhões de LPs de vinil foram vendidos (os números mais altos que o formato já viu desde que a empresa de dados de vendas de música MRC Data começou a rastrear as vendas de álbuns em 1991). A nova marca supera a série de recordes consecutivos de altas vendas de vinil experimentadas nos últimos meses de 2020.

Esses números foram impulsionados pela temporada de férias, bem como grandes lançamentos de álbuns de artistas pop como Adele, Taylor Swift e Billie Eilish, relata a Pitchfork. Com 19,2 milhões de álbuns de vinil vendidos durante o primeiro semestre de 2021, têm tendência de alta durante todo o ano, um aumento de 108% em relação ao mesmo período do ano passado.

Esse interesse pelos discos de vinil vem de uma crescente nos EUA que ultrapassa a marca de 1 milhão de cópias vendidas por semana desde o início da pandemia de Covid-19, indicando que o antigo formato não perdeu seu apelo comercial. Atualmente, correspondem a 50% da venda de álbuns (incluindo os formatos digitais e físicos) em território estadunidense.
 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem