CLUBES FRANCESES BUSCAM GANHAR STATUS CULTURAL

Últimas

CLUBES FRANCESES BUSCAM GANHAR STATUS CULTURAL


Espelhando-se em Berlim, os clubes franceses estão divulgando a iniciativa Club-Culture, com objetivo de garantir o status cultural às 32 casas noturnas que estão trabalhando em conjunto para obter reconhecimento dos legisladores.

Entre os endereços por trás da campanha estão I-Boat, Macadam, BADABOUM, KALT, La Machine Du Moulin Rouge, Le Petit Salon, Le Sucre, Rex Club e Warehouse, além de figuras importantes da cena eletrônica que demonstraram apoio: Laurent Garnier, Ètienne De Crécy, Jennifer Cardini e Teki Latex.

Juntos, os clubes da iniciativa respondem por mais de mil empregos, realizam mais de 5 mil eventos e arrecadam cerca de € 60 milhões a cada ano, com um público de cerca de 3 milhões de pessoas. Uma série de eventos do movimento foi realizada em novembro para divulgar a iniciativa, que espera receber apoio e reconhecimento do governo.

Alexis Tenaud, do coletivo e selo Androgyne de Macadam, disse ao Resident Advisor: "A crise do Covid-19 provou a importância de uma cena bem estruturada. (...) A necessidade de reunir todos os atores sob uma força comum. Muitos objetivos ainda precisam ser alcançados, mas isso não pode acontecer sem a criação de uma comunidade global que possa definir uma agenda política para a cena da cultura do clube."

Vale lembrar que em Berlim os clubes foram oficialmente declarados como instituições culturais no início de 2021, devido o trabalho do Fórum Parlamentar para a cultura de clubes e vida noturna.


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem