Tantsa: conheça as mulheres que vão incendiar o The Cave

Últimas

Tantsa: conheça as mulheres que vão incendiar o The Cave



Neste sábado, 18, o Tantsa Festival retoma as suas atividades, e em grande estilo. Após o seu último evento, realizado em 2019 com a estreia da Photon no Brasil, label do consagrado Ben Klock, é hora do ritual de reencontro.


tantsa_texto_500
Foto: divulgação

Com cinco anos de conexões, grandes nomes da música eletrônica nacional e mundial marcaram presença no palco do Tantsa, o que não seria diferente nesta edição que será realizada no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

São 14 artistas confirmados e, especificamente no palco de techno The Cave, sete DJs, sendo quatro mulheres, representando a maioria do line up, o que não é tão comum nos clubes e festivais mundo afora.



 


Conheça as mulheres que vão ferver a caverna do Tantsa Festival!

Rebekah 

Com seu som implacavelmente pesado e eleita umas das melhores apresentações do ADE 2018, Rebekah vem para a Tantsa com peso de atração principal. Ela é extremamente respeitada por artistas como Chris Liebing, Paula Temple e Perc. Marca dos seus sets são as mixagens muito rápidas para tracks de artistas como Mark Greene, SHDW & Obscure Shape e AnD que combinam perfeitamente com a atmosfera criada em suas apresentações, bruta, mas ainda sim muito precisa. Pode ser um ponto forte do seu set a recente track "Darkness My Old Friend", que conta com o remix de Alt8. É para se ficar de olho e ouvidos bem abertos.



Lady Starlight

Colleen Martin conhecida como Lady Starlight traz enorme carisma para o palco, um contraponto para o visual bem fechado dos DJs clássicos de techno. Ela tem muita energia e alegria em suas performances. A artista é destaque no meio pop por suas várias colaborações com a Lady Gaga, mesmo nesse ambiente, suas apresentações vão em outra faixa. O seu live é pontuado por um techno bem minimalista e que tem muito contato com tecnologia para dar autenticidade a cada apresentação. Eu ficaria atento para a track "6 or 7" que saiu pelo selo HATE, que está sempre em foco na cena techno underground, que pode ser um ponto especial do dia.



 


Daria Kosolova

Aqui, a marca é objetivo e velocidade. Daria Kosolova aplica em suas apresentações uma rapidez nas mixagens que talvez deixaria muitos postulantes à b2b confusos para acompanhá-la. Tem escolhas clássicas e inovadoras para suas tracks, uma combinação muito energética de se ouvir e também muito interessante, pois traz tracks de muitos artistas da cena underground do leste europeu que são pouco conhecidos por aqui. Sua origem é Kiev na Ucrânia, mas nos últimos anos tem ampliado seu alcance para o todo o mundo. Uma curiosidade é que ela é conterrânea de Nastia e já saíram em tour juntas.



Ananda

Fomentadora cultural da cena techno undergorund da cidade do Rio de Janeiro e fundadora da KODE, Ananda dá um peso sombrio e cheio de intensidade nos seus sets. A artista já é veterana no Tantsa, e o seu retorno vem junto com o lançamento da sua track "Intergalactic Warfare", pela Tantsa Records.



 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem