Bola Oito em Salvador tem dupla comemoração: retomada dos eventos e 3 anos de label

Últimas

Bola Oito em Salvador tem dupla comemoração: retomada dos eventos e 3 anos de label


Imagina a alegria de após quase dois anos parados, poder voltar às pistas, com sede de música, sorrisos e a energia que a música eletrônica proporciona?

Foi o que aconteceu em uma das principais e mais tradicionais festas de Salvador, a Bola Oito. Capitaneada por Thiago Bogus, Luan Delucci e Popó, a label completou três anos na sua 5ª edição, que teve gosto de esperança, recomeço e dias melhores.

No line up, nomes como Sofat, Manodom e Nihanna fizeram a festa da galera, afinal, a celebração tinha de ser completa. O evento seguiu os protocolos, com limitação de público atendendo os protocolos da Prefeitura de Salvador e prezando pelo bem estar dos fãs que há muito tempo não se divertiam no front.


img_1239_500
Foto: divulgação

Batemos um papo com Bogus para sabermos com detalhes tudo o que rolou nesse ‘restart’! Play!

RTH - Comemorar aniversário e a retomada dos eventos? Qual o sentimento de vocês?

É um sentimento único, fazer o que a gente ama e ter o público de volta é algo indescritível. Foram quase dois anos parados e a gente só queria produzir, ter os amigos por perto, trazer aquele DJ que tanto pedem. Com a pandemia, resolvemos aguardar o melhor momento, as flexibilizações começaram a acontecer e fizemos a edição de aniversário num formato muito menor, mas com a qualidade de sempre e sabendo que 2022 será um ano de grandes conquistas.

RTH - Qual o feedback de artistas e público?

A melhor sensação que existe é quando nos propomos a fazer algo e somos reconhecidos por isso. A última edição ficou incerta durante um tempo e com pouco mais de um mês pro evento batemos o martelo para o aniversário não passar em branco. Diante de toda a dificuldade e com o curto tempo o evento foi lindo! Gente feliz, DJs felizes e muita sonzeira! Pelos feedbacks, a sensação é de dever cumprido, a relação com os artistas é muito próxima e sempre tentamos fazer com que eles se sintam o mais à vontade possível aqui na terrinha. Com o público idem, o contato pelas redes sociais e durante o evento é sempre caloroso e tentando ajudá-los no que for necessário, isso faz com que todo mundo fique feliz.


img_1240_500
Foto: divulgação

RTH - Conta um pouco sobre o line up, a reação da galera!

Nosso line up é sempre pensado com muito carinho. Para a edição de aniversário não seria diferente. Para abrir a festa colocamos Kimehra, menina talentosa, que acreditamos muito no trabalho. Manodom fez sua estreia em terras soteropolitanas e não poderia ter sido melhor, som extremamente bem pensado e com uma leitura de pista impecável. Na sequência um DJ que tem história com Salvador, Sofat. Um carisma sem igual e um tech house absurdo. Nihanna fazendo sua primeira apresentação desde que foi para Floripa e a certeza que a mudança tem feito muito bem, simplesmente, destruiu a pista. Para fechar, Roots, recém-chegado de Ibiza depois de alguns anos morando na ilha, som fino, pra quem gosta de qualidade. Com esses ingredientes a reação não poderia ser outra: muitos gritos e aplausos durante todo o evento. Foi lindo de ver e sentir.

RTH - A Nihanna foi selecionada por um contest, agora retornou como convidada. Como vocês veem esse espaço importante que vocês têm nas mãos para lançar novos nomes?

É essencial. A cena está em constante mudança, se renovando. A nossa ideia não é trabalhar com DJs consagrados, mas mesclar o que está surgindo com o que está consolidado na cena nacional. Por isso é tão importante viajar para os grandes eventos, é lá que buscamos referências e vemos o que está acontecendo nos maiores polos como São Paulo, Floripa e Curitiba.




RTH - Podemos esperar novas edições em breve?

Claro!!! Depois desse período turbulento e incerto, 2022 será o ano para voltarmos ainda melhores. Prezamos sempre pela qualidade dos nossos eventos, então serão no máximo três edições no ano, mas todas muito bem planejadas para o público baiano. Algumas atrações já estão no nosso radar há tempos e ano que vem devemos trazê-las.


 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem