D-Edge reabre com fôlego total

Últimas

D-Edge reabre com fôlego total


Após tantos meses sob os efeitos da pandemia, diversas casas noturnas do país não tiveram muita saída diante deste cenário atípico. Se reinventar ou quebrar, eis uma trágica e profunda questão.

Com 21 anos de trajetória, o D-Edge conseguiu vencer a batalha através de um trabalho persistente, com foco e determinação na arte de se reinventar. O clube, que é um dos mais renomados do país, não mediu esforços para manter a marca viva diante da adversidade, apostando em iniciativas virtuais para cativar os laços com seu público, além de ações como workshops, novidades pela gravadora, live streamings e uma comunicação transparente e interativa com sua base de fãs.

Apesar dos dias difíceis, o D-Edge (finalmente!) fez o seu retorno na última quinta-feira, 4, que pode ser definido como triunfal. Com modificações especiais na casa, o clube que já era conhecido por seu layout inovador e futurista, recebeu uma repaginação no visual da pista um, impactando no resultado e na experiência sentida por aqueles que estavam na pista.



“Mesmo com a mudança, a gente buscou manter o conceito e identidade da pista. O projeto já tinha 19 anos e se mantinha vanguardista, algo espetacular feito pelo Muti Randolph. Foi realmente uma decisão difícil mexer em algo tão moderno e clássico ao mesmo tempo, mas esse projeto vem agregar e dar um passo à frente no que se diz respeito a tecnologia e design”, afirmou Renato Ratier.





img_7858_500
Foto: divulgação

Além do novo visual, com painéis de LED posicionados ao redor da pista, outra mudança importante foi a altura da cabine, que agora fica ainda mais perto do público.

E sabe aquela velha frase: “o que os olhos não veem, o coração não sente”?, bom, no D-Edge o coração vai sentir. O próprio Renato Ratier, em parceria com a KW Audio,de Nelson Stanisci, desenvolveu e instalou um novo soundsystem de alta tecnologia que quem estava na pista notou a diferença. Ele tem alto-falantes fabricados pela B&C Speakers, marca italiana, e amplificadores pela  Elite Audio Acustics, ambos feitos sob encomenda para o D-Edge. Além disso, também foi desenhado um design especial com característica retrô, levando a assinatura de Ratier.


dedge_ss_4_500.
Foto: divulgação

E os artistas escalados da noite também não fizeram por menos. De forma completamente ímpar, a atmosfera do D-Edge era uma misto de euforia e saudades. Os DJs, de forma maestral, souberam agradar aos ouvidos mais exigentes que tanto aguardaram por este momento. O duo Binaryh, por exemplo, apresentou um set completamente melódico e viajante, repleto de suas IDs tão desejadas. Música boa ecoou em todos os ambientes da casa, “reinaugurando” no melhor estilo, mas cientes de que as próximas semanas serão ainda melhores.

“A gente não via a hora de compartilhar todas as novidades com o público. Estar presente na pista e ver todo mundo curtindo e aproveitando a magia que é o D-Edge novamente não tem preço”, confirmou Ratier.


img_8898_500
Foto: divulgação

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem