Conheça a primeira academia de DJs para mulheres e minorias de gênero na Dinamarca

Últimas

Conheça a primeira academia de DJs para mulheres e minorias de gênero na Dinamarca


Em Copenhague, na Dinamarca, um novo projeto tem chamado a atenção da cena da música eletrônica internacional. Encabeçado pela Future Female Sounds, a primeira academia de DJs para mulheres, pessoas não binárias e minorias de gênero terá seu início em outubro.

O programa gratuito e que também reserva 20% das suas vagas para jovens em situação de risco, tem foco em artistas regionais e terá no cronograma séries de workshops presenciais, treinamentos, mentorias e palestras sobre o setor. Cada semestre terá duração de três meses e terminará com apresentações dos "formandos" em um palco local.

"Estamos muito entusiasmados com a oportunidade de desenvolver talentos através da DJ Academy, onde também seremos capazes de conectá-los diretamente à indústria da música, para apoiar suas carreiras a longo prazo", explica a diretora Tia Korpe sobre a nova academia.

Lançado em 2017 como agência sem fins lucrativos e de bookings, o projeto Future Female Sounds contribuiu para o aprendizado de quase 500 aspirantes a DJs femininas e minorias de gênero de vários países, e tem o objetivo de apoiar o desenvolvimento de novos talentos e influenciar o equilíbrio de gênero na indústria da música eletrônica.

 

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem